Terrorismo

26 jan

O terrorismo apesar das diversas definições que lhe são atribuídas pode ser definido em termos de ciência política como a política do medo. Visa gerar conseqüências psicológicas, como segurança e instabilidade  que vão muito além dos alvos físicos.

O terrorismo possui diversas vertentes eu uma tendência de multiplicação de variáveis que só se fez aumentar nos últimos tempos, especialmente por causa dos avanços nos campos de tecnologia da informação aplicada aos setores de comunicação, militares e de fluxo de capitais internacionais.

Alguns exemplos de formas de terrorismo internacional são:

Agroterrorismo – consiste em realocar animais ou plantas em ambientes que lhe são alheios, fazendo-os agirem como agentes patológicos, causando danos ao setor agrícola. Vale-se mesmo de ameaças de tais atos para promover o mesmo.

Bioterrorismo – pratica terrorista que libera vírus, bactérias ou toxinas objetivando doenças e mortes de pessoas, animais e plantas.

Seqüestros de aviões – aviões, (geralmente de companhias aéreas comerciais), são seqüestrados como meio de se utilizar os reféns a bordo como moeda de troca ou como vimos de forma trágica em setembro de 2001, utilizados contra alvos civis e militares.

Carro bomba – talvez uma das formas de terror mais disseminadas, o carro bomba consiste na acoplagem de bombas a veículos, utilizado para matar pessoas a bordo, próximas a ele ou mesmo danificar edifícios.

Terrorismo nuclear – uso ou ameaça de uso de armas nucleares por grupos terroristas. Apesar das dificuldades na obtenção de artefatos nucleares, espera-se que tais objetos venham a fatalmente integrar o arsenal de ataque de grupos terroristas em um futuro não muito distante. O terrorismo nuclear pode também se apresentar sob forma de ataque a instalações nucleares.

Pirataria – a atual forma de pirataria, (que não dista muito da antiga), apresenta-se como uma nova forma de terrorismo, especialmente na costa leste do continente africano.

Ataques suicidas – ato que visa maximizar o numero de vitimas e que inclui conscientemente o perpetrador do ataque. Possui elementos pseudo-religiosos ou de valores morais atrelados que funcionam como propulsores para emular coragem em quem os comete. Utilizam-se bombas anexadas ao corpo ou mesmo veículos materiais explosivos.

Terrorismo ambiental – é o ataque a fontes ambientais que visam privar as pessoas de seu uso. Assemelha-se de certa forma ao agroterrorismo, embora suas possíveis formas de perpetração sejam muito mais variadas e seus alvos também.

Cyberterrorismo – ataques a computadores via redes que visa causar danos no mundo real ou mesmo inviabilizar a utilização da infra-estrutura computacional. Este tipo de ataque é essencialmente perigoso tendo em vista o grande número de atividades de alta p

risco que tem sido relegadas ou auxiliadas por controle informatizado.

Ecoterrorismo – ações de grupos de defesa do meio ambiente com o objetivo de minar os interesses de grandes corporações ou governos que segundo eles causam efeitos negativos contra o meio ambiente.

Narcoterrorismo – ações de organizações criminosas contra estados e sociedade, que visa garantir que mesmo na criminalidade o transito de narcóticos continue, assegurando-lhes lucros e poder dentro deste submundo.

Terrorismo de Estado – tipo de ações terroristas que é levado a cabo por governos. Designa também ações de patrocínio que governos podem promover com relação a grupos terroristas.

O Terrorismo sendo uma forma de ameaça social, onde ataques imprevisíveis podem surgir em qualquer parte do mundo, seja por motivos ideológicos, religiosos, ou políticos, é uma manifestação que não afeta apenas o “alvo dos terroristas”, pois ocorre uma reação que se ramifica em diversas direções envolvendo todo contexto social, principalmente os civis, sendo esses a fonte principal da organização de uma nação, pois a partir do momento em que a sociedade se sente ameaçada, desencadeia uma serie de outros eventos gerando um desequilibro em outros departamentos do Estado.

Alguns dos departamentos que logo se percebe  o abalo é a segurança e os ambientes de negócios, pois a preocupação sobre a segurança nacional é um quesito fundamental para que cada individuo integrante da sociedade  possa circular por seu território nacional certo de que sua integridade física permaneça intacta, ou seja, sua vida não corra risco.

Para que haja um bom ambiente de negócios,  a segurança nacional de um pais deve ser indispensável, pois é através dela que uma empresa, governo, enfim meios que geram riquezas poderão confiar que seus investimentos não serão um desperdício, claro que existem outros fatores a serem avaliados para se obter um ambiente de negocio, porem o terrorismo é uma forte ameaça para qualquer nação, pois ele interrompe uma serie de atividade que geram lucro a um pais, como por exemplo o turismo, que é uma das atividades mais prejudicadas pelos atentados, o comercio que por receio de novos atentados encerra suas atividades, assim sucessivamente para uma serie de outros fatores financeiros que estagnam seus produtos para que não ocorra uma eventual perda.

Países como Cuba, Iran, Sudão e  Síria, que são considerados cooperadores do terrorismo por forneceram materiais de suporte para alguns grupos considerados terroristas, tem seus mercados restritos, principalmente pela comunidade internacional que repudia qualquer Nação que auxilie, ainda que na forma mais ínfima, qualquer grupo terrorista, o ambiente de negócio externo nesses paises é inóspito, sendo grande parte de seu sustento no mercado domestico.Desses paises, apenas o Sudão tem dado passos consideráveis contra o terrorismo, os paises que dão suporte as causas consideradas terroristas estão proibidas de receberem assistência econômica internacional, comprometendo assim suas economias, que acabam sendo restritas a limitações tecnológicas, má infra-estrutura, dentre outros aspectos que afetam em muito o ambiente de negócios.A ação terrorista compromete drasticamente a sociedade assim como interfere em toda a ordem social.

Fonte:

http://pt.wikipedia.org

http://www.interpol.int/Public/Terrorism/default.asp

http://www.brasilescola.com/historia/terrorismo.htm

http://www.state.gov/s/ct/rls/crt/2008/index.htm

http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u473030.shtml

http://www.cicte.oas.org/rev/es/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: